MENU
(43) 3339-7199

Releases

Emoção marca inauguração da biblioteca José Carlos da Rocha

Numa cerimônia bastante emocionante e repleta de relatos saudosos, a OAB-Londrina inaugurou na manhã desta sexta-feira, 10 de setembro, a Biblioteca José Carlos da Rocha, na sede histórica da entidade, no edifício Tuparandi.

A biblioteca é formada pelo acervo de Zeca Rocha, como é carinhosamente chamado até hoje pelos amigos, que fez a doação em vida à atual presidente da Subseção, Vânia Queiroz. “Quando recebi esse acervo fiz uma reflexão e conclui, sem dúvidas, que a advocacia poderia desfrutar de tanto conteúdo de uma forma ampla, em vez de represá-lo comigo”, disse Vânia Queiroz.

A cerimônia contou com a presença de conselheiros da Subseção; amigos; do vice-presidente e do Tesoureiro da Subseção, Mário Xavier e Fabiano Nakamoto, respectivamente; do vice- presidente da CAA-PR, Nelson Sahyun Junior; do conselheiro federal Artur Piancastelli; da presidente da 7ª Turma do TED, Caroline Thon; e dos familiares Kátia Costa (viúva), das filhas Luciana Musegante e Carol Menk; do genro Ricardo Musegante; representantes de comissões; entre outros amigos e admiradores de Zeca Rocha, advogado militante e que dedicou muitos anos de sua vida à OAB no Estado. Foi presidente e conselheiro da Subseção-Londrina, conselheiro estadual e presidente da 7ª Turma do TED no período de 2007 a 2016.

Vânia Queiroz lembrou a trajetória do advogado formado pelo Mackenzie em 1961 e que chegou em Londrina em 1967 para integrar uma das importantes bancas da cidade, junto com Wilson Sokolowiski, Osvaldo Macedo, João Conceição e Adyr Sebastião Ferreira. “Esses advogados foram uma inspiração para todos os que os sucederam”, comentou Vânia. Ela mencionou que foi diretora da Subseção na presidência de Zeca Rocha e destacou o quanto ele a prestigiou como mulher. “Ele sempre teve esse olhar cuidadoso para a questão de gênero”, lembrou.

Também bastante emocionado, Piancastelli relembrou a pessoa especial e grande humanista que foi José Carlos da Rocha. “Era uma pessoa diferenciada, generosa e que sempre nos ensinou muito”. O conselheiro federal também lembrou do momento em que o grupo  XI de Agosto trouxe o nome de Zeca Rocha para concorrer à eleição na OAB-Londrina. “Era um momento de grande disputa e precisávamos de um nome que apaziguasse a advocacia. E ele venceu a eleição tão acirrada de 2004”

Da oposição à admiração

No grupo da oposição daquele ano estava o atual vice-presidente da CAA-PR, Nelson Sahyun Junior. “Eu era recém-formado e fui convidado a integrar a outra chapa. Pouco sabia da OAB. Perdemos a eleição e, ainda muito jovem, fiquei bastante chateado. Mas qual não foi minha surpresa quando, após assumir a presidência da Subseção, Dr. José Carlos da Rocha me ligou e perguntou se eu queria mesmo ajudar a OAB. Respondi que sim. Ele então me disse que as portas da OAB estavam abertas”, relatou Sahyun Junior, destacando que isso mostra que naquela época ele já praticava a inclusão e pluralidade.

O tesoureiro da Subseção, Fabiano Nakamoto disse que não teve o privilégio de conhecer e conviver com Zeca Lopes. “Não participei do passado, mas terei o privilégio de usufruir desse legado”, disse, mencionando a riqueza do conteúdo do acervo deixado pelo advogado à atual e às futuras gerações.

Também Kátia Costa fez uso da palavra e, emocionada, agradeceu a homenagem em nome de todos os familiares.

O espaço ocupado pela Biblioteca José Carlos da Rocha no edifício Tuparandi foi reformado e adequado pela CAA-PR. O local está aberto a todos os advogados e também aos acadêmicos da área de Direito.

Uma parte do acervo de José Carlos da Rocha será mantido na sede da Subseção na Rua Parigot de Souza, para consulta dos advogados.

 

 

Cliente: OAB Londrina

voltar