MENU
(43) 3339-7199

Releases

Aftosa

O quarto e último vídeo da campanha “Aftosa. Consciência e Responsabilidade”, produzida pela Sociedade Rural do Paraná, foi divulgado na tarde desta quinta-feira, dia 18 de julho. O vídeo foi gravado pelo diretor administrativo-financeiro da entidade, Moacir Sgarioni.

“Resolvemos lançar a campanha para deixar claro a toda a sociedade nossas preocupações com a decisão do governo de antecipar o fim da vacinação contra febre aftosa no Estado do Paraná para este ano, de forma isolada”, informa o presidente da SRP, Antônio Sampaio.

Segundo ele, o governo não debateu o tema com a entidade e muitas perguntas ficaram sem respostas, como: é possível garantir uma fiscalização de excelência nas divisas e fronteiras do Estado? Quais as vantagens para os pecuaristas? Por que não aguardar a suspensão no Estado junto com o Bloco V do Programa Nacional de Erradicação de Febre Aftosa (PNEFA), que inclui os Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Santa Catarina? De acordo com o programa do Mapa, o bloco V suspenderá a vacinação em 2021.

“Houve discussões em cidades pequenas sobre a suspensão, mas em Londrina e Maringá, que estão entre as principais cidades do Paraná, o governo não veio debater”, comenta Sampaio.

Ele destaca ainda que a SRP irá fiscalizar e cobrar resultados da suspensão da vacinação. “Faremos isso porque é nossa obrigação e caso aconteça alguma coisa, os responsáveis terão nome e sobrenome”, comenta. Entre os principais receios da entidade está a ocorrência da febre aftosa no Estado. “Se isso ocorrer será uma catástrofe. Retrocederemos nossa pecuária em 20 anos”, alerta.

O quarto vídeo da campanha, assim como os demais, pode ser visto no site da SRP (WWW.srp.com.br) ou no youtube - clique aqui

 

 

Assessoria de Imprensa - Cliente Máxima Comunicação

 

Cliente: Sociedade Rural do Paraná

voltar